sábado, 29 de outubro de 2011

e-Flation aponta inflação de 0,7% no e-commerce em outubro

Índice de Inflação na Internet, em outubro o e-Flation registrou uma alta de 0,7% nos preços dos produtos comercializados nos sites de comércio eletrônico, os chamados e-commerce.

Os produtos da categoria cine e foto, como máquina fotográfica e filmadora, foram os que mais impulsionaram a alta, 2,5%. A inflação foi registrada também em outras cinco categorias: 2,2% na chamada linha branca, 1,6% nos livros, 1,3% nos perfumes e cosméticos, os eletrônicos alta de 0,7% e 0,2% nos brinquedos.

Entretanto, foi registrado deflação de 2,9% na telefonia e celulares, 1,6% em CDs e DVDs, 0,4% nos medicamentos, os eletroportáteis apresentaram queda de 0,2% e o setor de informática quase estável com 0,1%.

Desempenho de 1,8 p.p maior que o registrado no mês de setembro, em que atingiu -1,1%.

Em setembro, foi verificado deflação nas categorias: cine e foto (3,4%), telefonia e celulares (2,3%), eletroeletrônicos (1,9%), informática (1,7%) e brinquedos (0,9%); e, inflação na linha branca (0,5%), medicamentos (0,7%), livros (0,8%), eletroportáteis (1%), perfumes e cosméticos (1%), e CDs e DVDs (2,2%).

Desenvolvido pelo PROVAR (Programa de Administração do Varejo) da Fundação Instituto de Administração, em parceria com a Felisoni Consultores Associados, o e-Flation foi concebido com o intuito de monitorar a precificação de produtos consumidos de maneira online, o que possibilita, para consumidores e varejistas, a análise mercadológica e a evolução temporal de preços e consumo por meio desse canal.

O e-Flation é avaliado a partir da segunda quinzena do mês anterior à primeira do mês em referência. Os itens que compõem a cesta de cada uma das categorias são aqueles que, sendo os mais anunciados entre os sites mais procurados, resultam no que se chama de "campeões de vendas".




blog comments powered by Disqus