domingo, 3 de abril de 2011

RespirAR, projeto da Globo, vai investigar a qualidade do ar em São Paulo

Depois do projeto Flutuador que mostrou a qualidade da água em represas paulistas, o jornalismo da TV Globo São Paulo vai investigar a qualidade do ar no projeto RespirAR.

Quadro a partir da segunda-feira, dia 4, nos telejornais Bom Dia São Paulo, Radar SP e SPTV 1ª e 2ª edições, o projeto Respirar vai investigar a qualidade do ar que os moradores da cidade estão respirando e avaliar as principais causas e consequências da poluição em São Paulo.

Com duração prevista para três meses, RespirAR vai apresentar nas primeiras semanas reportagens que explicarão ao telespectador como é formada a poluição e as principais causas nos dias atuais.
Segundo dados do Detran, a cidade tem uma frota de mais de 7 milhões de veículos e que é responsável por 90% dos poluentes que estão no ar da capital.

Também será exibida a série de reportagens internacionais feitas pela jornalista Flávia Freire na Cidade do México e Bogotá. A Cidade do México, por exemplo, que de acordo com a ONU em 1992 era a metrópole com maior nível de poluição do ar, agora se orgulha de ter deixado o topo da lista das dez cidades com maiores níveis de poluição do ar.



Na segunda etapa, a série vai contar com o auxílio de um aparelho chamado respirômetro, que contém com dois medidores de qualidade de ar: um para material particulado e outro para ozônio. A bordo de um carro elétrico - zero emissão de poluentes, a cada dia o respirômetro estará em uma região de São Paulo para realizar as medições instantâneas e mostradas ao vivo nos telejornais locais - geradas via GPS e transformadas em gráfico desenvolvido pela Engenharia e Arte da TV Globo. Essas medições adotarão o parâmetro internacional e serão comparadas aos parâmetros da CETESB.

O projeto mostrará como a poluição chega aos pulmões, agrava a situação de quem já está exposto a todo tipo de doença, e ainda diminui a expectativa de vida dos paulistanos. Crianças e idosos são os mais prejudicados. As crianças, os idosos sofrem mais, mas todos estão sujeitos a ter problemas respiratórios.

O objetivo é que o telespectador se familiarize com o tema e comece a entender porque é tão importante saber como está o ar que respiramos.
Durante o projeto serão espalhadas urnas pela cidade com temas relacionados às ações para diminuir a poluição em São Paulo e o telespectador vai participar votando na ação que considerar mais eficaz.


O Projeto RespirAR tem coordenação de Cristiana Randow, produção de Paula Akemi, Thiago Crespo, Fabiana Aiolfe, Juliana Munaro e Eliane Silva, edição de Fabio Correia e Juliana Bressan, reportagens de Flavia Freire, Marina Araujo e Daiana Garbin, imagens de Eduardo Mendes e Marcel Mendonça e edição de imagens de Rodrigo Lima e Fernando Nakajato.


Projeto RespirAR estreia dia 4 de abril, vai ao ar de segunda a sábado nos telejornais locais.
Bom Dia São Paulo vai ao ar de segunda a sexta às 6h30.
SPTV 1ª Edição vai ao ar de segunda a sábado às 12h05.
SPTV 2ª Edição vai ao ar de segunda a sábado às 19h10.


Acompanhe o Projeto também pela internet no G1


Fonte: Diretoria de Comunicação Transmídia - CGCOM




blog comments powered by Disqus