quinta-feira, 31 de março de 2011

#BlogueirosnoSenado

À convite da Secretaria de Comunicação Social do Senado Federal (SECS), na última segunda-feira (28) sete blogueiros foram ao Distrito Federal conhecer o Senado e participar de dois eventos.

O grupo era formado por Alexandre Inagaki (@inagaki), Carlos Cardoso (@Cardoso), Gabriel Leite (@GabrieLeite), eu - Gregori Pavan (@GregoriPavan) - , Paulo Lima (@MundodasTribos), Rodrigo Tebaldi (@vaicomtudo) e Samanta Shiriashi (@samegui).

Este é o segundo evento de interação com blogueiros promovido pelo Senado.

Na segunda-feira, participamos de um encontro com o Presidente do Senado José Sarney, onde também estava presente a senadora Gleisi Hoffmann (@gleisi), o diretor da SECS Fernando César Mesquita, a diretora da Secretaria Especial de Informática (Prodasen) Cláudia Lopes Nogueira, e os servidores que fazem parte da TV, rádio, jornal e site do Senado, além do blogueiro de Brasília Carlos Max.

No encontro os blogueiros puderam fazer perguntas que foram de temas como reforma política, liberdade de expressão, educação até, é claro, mídias sociais. Todas foram prontamente respondidas pelo senador José Sarney.

Fiz duas perguntas, uma sobre a criação e funcionamento dos perfis em redes sociais e outra sobre a informatização do Senado.

Em relação à criação e funcionamento dos perfis foi explicado que aos poucos e de maneira isolada foram sendo criados os canais nas redes e que agora estão sendo agrupados e padronizados. O trabalho é desenvolvido por servidores da SECS, inclusive a pessoa que controla o Twitter @agencia_senado estava presente. E que, em breve, tanto os servidores do Senado quanto os Senadores participaram de uma apresentação sobre o uso e a abrangências das mídias sociais.

Já sobre a informatização do Senado, a diretora da Prodasen explicou que há um nível de informatização bem abrangente no Senado, que vários procedimentos já são feitos de maneira eletrônica e que existem um processo em desenvolvimento para que torne possível, dentro da lei, que outros documentos e procedimentos sejam aceitos e manipulados de maneira eletrônica.

No encontro também foi informado sobre a criação de um blog dos Senadores. Não foi explicado com profundidade, mas foi relatado o emprenho para a concretização de mais este canal.

Ao final da reunião, José Sarney comentou, em vídeo, no blog do Senado suas impressões, assista:


No dia seguinte, terça (29), participamos pela manhã do lançamento do aplicativo do Senado para iPhone, iPad e iPod (iOS 4.1 ou superior) na sala de reunião da Presidência.

O aplicativo é mais uma opção para o cidadão ter acesso à informação. Nele há o perfil de cada um dos 81 senadores incluindo endereço, telefone e email, que podem ser acessados por Estado, por Nome ou por Partido.

Também está disponível a agenda de trabalho do dia na Casa, incluindo as sessões plenárias e as comissões.

Todas as informações produzidas pela Agência Senado também estão disponíveis por meio do aplicativo.

O aplicativo pode ser encontrado na App Store da Apple pelo termo “Senado_Federal” ou pelo link.


Outras informações:
Agência Senado: "Sarney: Redes sociais são uma revolução para a cidadania" e "Blogueiros debatem reforma política com o presidente do Senado".

TV Senado: "Blogueiros visitam o presidente do Senado".

Rádio Senado: "Senado vai lançar aplicativo para Iphone com informações sobre a Casa".

Blog do Senado

Veja também os posts:
"Sarney, paixão pela política e apreço pela democracia", de Carlos Max.
"O que você perguntaria a uma Senadora da República?", de Samantha Shiraishi.
"Agora podemos “controlar” o trabalho dos senadores pelo iPhone", de Samantha Shiraishi.
"Senado Federal lança App de iPhone com custo de desenvolvimento recorde (pra baixo)", de Carlos Cardoso.
"Senado Federal Lança Aplicativo para Iphone – Blogueiros no Senado", de Paulo Lima.




blog comments powered by Disqus