terça-feira, 15 de junho de 2010

As TVs Time Machine tem problema, a LG sabe, mas não faz nada

[Rio de Janeiro - 25/05/2010] A juíza Márcia Cunha, titular da 2ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro, determinou, em caráter liminar, que a LG substitua os televisores modelo LCD Time Machine que apresentem problemas ou então que devolva aos consumidores a importância, devidamente corrigida, paga pelos aparelhos.

Segundo o processo, a empresa manteve a venda desses produtos mesmo sabendo do defeito de fabricação, que afetava principalmente a fonte e o capacitor das TVs e era imperceptível aos olhos dos consumidores, além de cobrar pelo conserto.

“A ré não tomou qualquer providência para substituir ou reparar os aparelhos com defeito, e ainda cobra pelo conserto valores na casa das centenas de reais, conforme comprovam as dezenas de reclamações de consumidores documentadas no inquérito civil em anexo”, explicou a juíza.

Para a magistrada, que aceitou pedido liminar do Ministério Público, autor da ação, a LG não cumpriu com as responsabilidades estabelecidas no Código de Defesa do Consumidor ao inserir, no mercado, produto com vício.

“A ré mantém à venda produto que sabe ter defeito de fabricação, defeito invisível para o consumidor, que adquire o produto sem o saber, o que, por si só, já o coloca em grande desvantagem. Além disso, ao apresentar o defeito, o consumidor não conta com o cumprimento dos deveres da ré e é obrigado a arcar com pagamento de elevado valor para conserto do aparelho”, escreveu na decisão.

Em caso de descumprimento da medida, será aplicada multa diária no valor de R$ 50 mil.

[Com informações do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro]

Em nota à imprensa, publicada pro alguns veículos de comunicação que noticiaram o caso, a LG disse que “a empresa não foi formalmente citada e que, por isso, não vai se manifestar”.

Ao que tudo indica, foi essa mesma a postura que a LG tomou, de ignorar a decisão judicial, e mais, ignorar seus consumidores.

O Sr. Davi Medeiros me enviou um e-mail relatando que já procurou a LG e a mesma apenas o ignora, veja seu caso também publicado no site Reclame Aqui.

Eu mesmo já cai na besteira uma única vez de comprar um produto da LG e seu o quanto sofri. Só resolvi meu problema quando consegui – após lutar muito – reaver meu dinheiro de volta e devolver o equipamento para a empresa. Quebrando assim qualquer vinculo. Depois disso eu nunca mais comprei NADA da LG.

A verdade é que a “ficha corrida” da LG é assustadora, é mais suja que “pau de galinheiro”. Não pense você que é um caso isolado, um problema com esse cliente, ou até comigo, pois não é!

A LG foi a 6ª empresa mais reclamada em 2009 de acordo com o ranking do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor – o DPDC – do Ministério da Justiça, que une todas as reclamações dos PROCONs pelo Brasil.

A LG ficou à frente de operadoras de telefonia móvel como a Claro e a Vivo, e até de bancos como o Banco do Brasil, sendo que os seguimentos bancários e telefônicos geralmente são os mais reclamados.

Se vale o conselho: Pense duas, três, quatro... vezes antes de comprar algum produto da LG.

Como pode ver, a empresa não produz produtos de qualidade e sequer respeita determinações judiciais. O que pode parecer barato a primeira vista, pode sair muito mais caro em seguida. Você pode ficar sem o produto que você comprou e sem o dinheiro que pagou nele. Pense nisso!




blog comments powered by Disqus