quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Manchetes dos telejornais, quarta-feira, 11 de novembro de 2009

19h: JORNAL DA GAZETA Apresentadores: Maria Lydia e Laerte Vieira

- Brasil no escuro: 60 milhões de brasileiros de 18 Estados foram afetados pelo apagão de ontem à noite. Presidente Lula afirma que não houve problema de geração de energia. Blecaute foi causado por defeito em três linhas de transmissão no Paraná e em São Paulo. Problemas na rede de transmissão prejudicaram a distribuição de energia de Itaipu, a hidrelétrica é responsável por 20% da eletricidade consumida no Brasil. Ministro da Justiça Tarso Genro diz que apagão foi pequeno incidente e que a oposição quer aproveitar eleitoralmente o fato. Caos na maior cidade do Brasil. Sem trens nem metrô, muitos paulistanos não conseguiram voltar para casa e passaram a madrugada na rua.
- Tragédia da base militar de Fort Hood. Presidente americano Barack Obama participa do funeral dos treze fuzilados por major no dia 5.
- Fernandinho Beira-mar é condenado a mais 15 anos de prisão. O traficante já cumpre pena de 130 anos por outros crimes.
- Campeonato Brasileiro de Futebol: Palmeiras joga contra o Sport para tentar voltar à liderança.
- Show de Jorge Vercilo em São Paulo. Cantor trás show da turnê Trem da Minha Vida.

Duração: 1m43s

  Telejornal foi ao ar das 19h às 19h55, teve 1 intervalo comercial de 3 minutos, foram 51 minutos de notícias.

19h20: JORNAL DA BAND Apresentadores: Ricardo Boechat, Joelmir Beting e Ticiana Villas Boas

- Vinte horas depois do apagão que deixou 18 Estados às escuras governo ainda não sabe o que aconteceu. Antes do blecaute tempestade atingiu linhas de transmissão de Itaipu. Queda de energia danifica aparelhos elétricos, consumidores podem pedir ressarcimento, mas processo é burocrático. Fornecimento de água também foi prejudicado para 16 milhões de pessoas no Rio e em São Paulo. Medo nas ruas e caos no trânsito, as histórias de quem enfrentou à noite sem luz. Celular com televisão à bordo dividiu com o rádio a audiência aqui na Band dos brasileiros durante o blecaute.
- Ladrão entra no mar e nada 2 quilômetros para fugir da polícia em Santa Catarina.
- Vigilância Sanitária proíbe bronzeamento artificial com raios ultravioleta.
- Futebol ao vivo na Band: Palmeiras tenta retomar liderança do Brasileirão. E Fluminense joga a semifinal da Sul-americana.

Duração: 1m10s

  Telejornal foi ao ar das 19h20 às 20h15, teve 5 intervalos comerciais que somaram 16m15, foram 39 minutos de notícias.

20h15: JORNAL NACIONAL Apresentadores: Márcio Gomes e Fátima Bernardes

- Milhões de brasileiros no escuro. O apagão de energia elétrica atinge 18 Estados e centenas de cidades. Nossos repórteres mostram como foi a madrugada de caos e de medo. Em hospital sem gerador, os médicos usam respiradores manuais em bebês. Usina de Itaipu para pela 1ª vez em 25 anos. Estações de tratamento de água também são desligadas. Depois de um dia de incerteza e muitas reuniões, governo chega a uma conclusão: o problema foi um curto-circuito nas linhas de transmissão por causa do mau tempo.

Telejornal foi ao ar das 20h10 às 20h55, teve 3 intervalos comerciais que somaram 7m10, foram 38 minutos de notícias.

20h15: JORNAL DA RECORD Apresentadores: Celso Freitas e Ana Paula Padrão

- A longa noite do apagão: 18 Estados atingidos. São Paulo, Rio, Espírito Santo e Mato Grosso do Sul foram os mais castigados. Com o blecaute, um dos maiores problemas de São Paulo acabou ficando ainda pior. Nesse edifício a gente encontrou uma situação de desespero. Com os computadores desligados as delegacias não puderam registrar as ocorrências. Prejuízos: essa fábrica de salgadinhos que funciona 24 horas perdeu toda a produção. Bom humor: conversando, comendo e bebendo um pouquinho. E ironia: no breu paulistano, só brilhava o impostômetro. As causas do incidente e a explicação do governo.
- Bronzeamento artificial já está proibido.
- Ministros do Supremo Tribunal Federal pedem arquivamento de ação contra os fundadores da igreja Renascer.
- Neto mata a avó e cobra resgate.
- Agonia da prova final: como os pais podem ajudar os filhos.
- E na série O Homem e o Lixo: a montanha assustadora dos computadores abandonados.

Duração: 1m06s

Telejornal foi ao ar das 20h16 às 21h14, teve 2 intervalos comerciais de 4m45, foram 48 minutos de notícias.

21h: REDETV NEWS Apresentadores: Augusto Xavier e Rita Lisauskas

- As repercussões do apagão. Ligações para o número 190 triplicaram. Uma cena incomum na cidade que não para. Maior cidade do país no escuro. Rio de Janeiro, o maior prejuízo está no abastecimento de água. O que causou o blecaute? Furnas culpa Itaipu e Itaipu culpa Furnas. No Planalto, presidente Lula comentou a questão. O mundo reflete o incidente. Apagão no Brasil é destaque na imprensa internacional. Em Nova York, o medo é de quem pode provocar. Aqui as autoridades temem a ação dos hackers.
- Seis meninos são estuprados no Recife. Nenhum deles contou aos familiares o que aconteceu.

Duração: 52s


21h: RECORD NEWS BRASIL Apresentador: Eduardo Ribeiro
- Dezoito Estados no escuro e ninguém pode garantir que não vai acontecer de novo. O apagão que invadiu a madrugada deixou na incerteza a capacidade brasileira de gerenciar imprevistos na imensa rede energética que alimenta e também defende o nosso país. E o pior de um pós-blecaute como esse, é o discurso político no lugar do discurso técnico.
- Fúria da natureza ou sabotagem? Governo e especialistas divergem sobre razões para o blecaute. As consequências do apagão: sistemas fora do ar, rotinas mudadas e milhões sem água. A ironia tinha gerador: na noite paulistana só o impostômetro continua arrecadando.
- Jornada de trabalho em debate. Centrais Sindicais fazem marcha em Brasília.
- É proibido bronzear: câmaras artificiais são agora ilegais.
- Passa ou não passa? Qual o papel dos pais na reta final de provas dos filhos.
- E na série especial sobre a etiqueta moderna: o trânsito mal educado.

Duração: 1m26s


22h: JORNAL DAS DEZ Apresentador: André Trigueiro

- Dez anos depois do raio de Bauru, agora foi à vez do raio de Itaberá. E a culpa continua sendo do clima. Um dia depois do apagão que deixou cerca de 60 milhões de brasileiros sem luz, o governo afirmou que uma forte tempestade no interior de São Paulo foi à causa do blecaute. Para o governo foi uma fatalidade. O ministro de Minas e Energia, Edson Lobão, reafirmou que o sistema interligado é um dos mais seguros do mundo, mas que nenhum sistema é imune a defeitos ou acidentes. A falta de energia ascendeu à disputa política, governo e oposição entraram em choque. O apagão é o assunto de entrevistas ao vivo. Oitocentas cidades sem luz em 18 Estados. Trânsito caótico, falta d’água, risco de assaltos, quanto falta energia sobram problemas. Aqui em São Paulo, operadores de tráfego e policiais militares que estavam de folga foram chamados de volta ao trabalho. O abastecimento de água ainda demorou a ser regularizado. Depois do apagão, nesta quarta-feira o problema da região metropolitana de São Paulo foi à falta d’água. O dia também serviu para contar os prejuízos causados pelo blecaute. No Estado de São Paulo as industrias ainda fazem as contas para saber o tamanho do prejuízo. No setor de serviços muita gente consumiu e saiu sem pagar.

Duração: 2m11

Telejornal foi ao ar das 22h04 às 23h13, teve 3 intervalos comerciais que somaram 8m15, foram 60 minutos de notícias.



blog comments powered by Disqus