sexta-feira, 25 de julho de 2008

"Jornal Hoje" no Marrocos

Esta semana, o "Jornal Hoje", da TV Globo, exibiu uma série de reportagens sobre o Marrocos.

Os correspondentes Sônia Bridi e Paulo Zero desvendaram os segredos desse país formado por um mosaico cultural e pelo encontro da modernidade com tradições milenares. Acompanhe:

Terça-feira, 22/07/2008

Marrocos: a cidade imperial de Fez.
Os moradores que circulam pelas vielas estreitas da cidade mantém a tradição de mais de 900 anos. Carros e motocicletas são proibidos de circular pela medina.


Quarta-feira, 23/07/2008

Marrocos: casamento é espelho de sociedade em transição.
Maioria dos homens adota o terno, mas as mulheres usam roupa mais tradicional. Na festa, não há consumo de álcool. Traje da noiva pode ser trocado sete vezes, simbolizando mudanças que sua vida terá.


Quinta-feira, 24/07/2008

Marrocos: tentativa de recomeço aos imigrantes ilegais.
O Marrocos é para a Europa o que México é para os Estados Unidos: a fronteira mais próxima para imigrantes ilegais. Cerca de 30 mil pessoas entram ilegalmente na Espanha, o país europeu mais próximo.


Sexta-feira, 25/07/2008

Marrocos: o ar misterioso de Marrakesh.
O local se transformou em porto seguro para os amantes do deserto. Ele é destino para hippies e milionários, que buscam aventuras no cenário de cinema da região. Mulheres trocam roupas em um mercado.


Hoje, após ser exibida a última reportagem da série, Sonia Bridi participou de um bate papo, pela Globo.com.

Em cerca de uma hora, contou um pouco mais sobre a visita que fez ao Marrocos, e respondendo a uma pergunta de um internauta ela confirmou que infelizmente teve que deixar de mostrar várias coisas nas reportagens.

Eu também acho uma pena, pois uma viagem dessas, e ao custo que tem para a emissora, poderia ser bem melhor aproveitado.

Em relação ao bate papo, Sonia participou só por voz, ao vivo, direto de outro país. Mas sabe que minha desconfiança está tamanha da Globo, que até essas simples coisas às vezes eu acho que estou sendo passado de idiota. Grande parte disso se deve ao BBB, não devia ter assistido 24h.

Isso não tem a ver agora, o importante que as reportagens ficaram ótimas.




blog comments powered by Disqus