sexta-feira, 11 de julho de 2008

"Brasil" deleta mais de 161 mil links, entre arquivos e até blogs

A Folha Online divulgou hoje que a APCM (Associação Antipirataria Cinema e Música) retirou, só no primeiro semestre desse ano, mais de 161,1 mil links e arquivos do ar na internet, por supostamente conterem conteúdo pirata de músicas e filmes. O maioria dos arquivos estavam em sites de armazenamento como o RapidShare e MegaUpload. Arquivos torrent somam 118,7 mil.

Cerca de 22 mil blogs também foram removidos por direcionarem para esse tipo de conteúdo.

Dados da APCM indicam que 48% do mercado fonográfico é dominado pela pirataria --gerando uma queda de mais de 50% no faturamento do setor. A instituição afirma que 59% dos DVDs comercializados no país não são originais.

Não apoio à pirataria, mesmo que apoiasse não declararia isso, mas, na minha humilde opinião, a pirataria é apenas uma reação dos abusos que foram e são cometidos.

Lembro-me muito bem que a indústria fonográfica foi avisada várias vezes que isso aconteceria, percebeu que às vendas começaram a cair, e ao invés de baixar os preços aumentou. Portanto, está apenas tendo o reconhecimento do trabalho mal feito que fez. E eu acho que isso é irreversível, independente do que seja feito agora.

Link da notícia na Folha.




blog comments powered by Disqus