sexta-feira, 20 de junho de 2008

A Quimera da qualidade

Definitivamente, está virando rotina às falhas no "Jornal Nacional" e em outros telejornais da emissora.

Agora pouco fiz o post com a falha de... ontem, leia: "Continua faltando o Q no jornalismo". Hoje, mais vários erros arcaicos e bizarros aconteceram.

Vinte horas e quinze minutos, "Jornal Nacional" no ar!
William Bonner começa o telejornal falando sobre a decisão da justiça de manter os militares do Exército no morro da "Previdência".
Quê? Isso mesmo. Ele se enganou, mas em seguida já consertou, morro da "Providência". (Assista)

Fica à dúvida, teria sido o apresentador que sem querer leu errado ou o texto estava mesmo errado e o apresentador leu, percebeu o erro, e corrigiu?

Jornal correndo e agora é a vez da Fátima Bernardes. Ou melhor, a bandeira do Japão, que toma à frente da apresentadora.

Reprodução: Tv Globo, 20/06/08

Reprodução: Tv Globo, 20/06/08 


A apresentadora foi encoberta pela bandeira do cenário virtual. Pra isso também existe uma explicação possível.

Essas apresentações virtuais que aparecem atrás dos apresentadores são "projetadas" por duas camadas, e uma delas nessa parede azul. De acordo com a posição em que ficam os apresentadores, existe um lado para a apresentação aparecer. O lado esquerdo para o William e o direito para a Fátima.

Ou a produção acionou a apresentação errada, ou seja, a do lado do Willian para a Fátima.
Ou os apresentadores trocaram na última hora quem ia apresentar à notícia, e como tudo é previamente esquematizado, a pessoa que acionou a apresentação não percebeu ou foi avisada da mudança.

Outro fato que me chamou à atenção, e nem teria como não chamar, foi o abrupto aumento das legendas.

Essa legenda padrão do "Jornal Nacional", normalmente fica ajustada à informação que está sendo apresentada na tela. Como por exemplo, na foto à esquerda (abaixo). Porém, hoje esse padrão não foi respeitado e durante todo o jornal apareceram essas imensas legendas que, além de chamarem muito à atenção e ocuparem muito espaço no campo visual, encobriam a marca d'água da emissora que fica no canto inferior direito.



OBS: Muitas pessoas podem ler essas noticias sobre o "Jornal Nacional" e pensar que eu estou com algum tipo de perseguição. Quero deixar claro que não é isso.

Nota-se que, se eu consigo perceber esses erros todos é porque de fato eu assisti o telejornal. Se eu percebo os erros e mesmo assim continuo assistindo, é porque confio e gosto do telejornal. Pelo menos até o presente momento.

O que me espanta é justamente isso, como pode um telejornal com tamanha qualidade editorial, ter essas falhas tão primarias e bizarras.

Reafirmo então, que em relação às criticas feitas aqui aos telejornais da emissora Globo, são com o objetivo construtivo. Procurando alertar sobre o que precisa ser revisto e melhorado.




blog comments powered by Disqus