domingo, 25 de maio de 2008

Telefônica / Speedy bloqueou acesso ao Google Pages!

TelefônicaA operadora de telefonia fixa Telefônica, cujo serviço de internet banda larga é denominado Speedy, bloqueou o acesso de todos os seus usuários ao site Google Pages.
Entrei em contato com a mesma, que não soube nem precisar o número de clientes que tem (Fonte: Elizabete, RE 437615), mas a Telefônica presta serviço no estado de São Paulo inteiro.

Google Page CreatorGoogle Pages é mais um dos serviços do Google, que permite a criação e hospedagem de páginas.
Através de um editor simples, permite que qualquer pessoa construa e mantenha uma página na internet. O serviço é muito usado para hospedar imagens, códigos e arquivos para serem usados por outros sites ou blogs.


Pessoalmente, não consigo acessar o site desde 15 de Maio, nem pelo Internet Explorer e nem pelo Firefox, quando achei que era o site que estava fora do ar.

    Normal     Bloqueado

Continuei acompanhando a situação, e também não conseguindo acessar o site.

Hoje, entrei em contato com a Telefônica e questionei se não poderia ser um bloqueio por parte da mesma. Que a princípio negou categoricamente, mas solicitei falar com a supervisão, fui atendido pela Eveline Bastos, que tentou acessar o site da central de atendimento e também não conseguiu.
Visto a situação, encaminhou solicitação interna para ver o que poderia estar acontecendo. Ficou de me dar uma resposta até a próxima quarta-feira (28/05).

Através do MSN, entrei em contato com alguns amigos pelo Brasil e pedi para que eles tentassem acessar o site http://pages.google.com, resultado:

Localidade

Êxito? Provedor
Contato 1 Amazonas sim Telemar/Velox
Contato 2 Bahia sim Telemar/Velox
Contato 3 São Paulo não Telefônica/Speedy
Contato 4 Rio de Janeiro sim NET/Vírtua
Contato 5 Mato Grosso do Sul sim GVT
Contato 6 São Paulo não Telefônica/Speedy
Contato 7 Rio Grande do Sul sim GVT
Contato 8 São Paulo sim NET/Vírtua
Contato 9 Rio de Janeiro sim Br Turbo
Contato 10 Minas Gerais sim Velox
Contato 11 São Paulo não Telefônica/Speedy
Contato 12 São Paulo sim TVA/Ajato
Contato 13 Minas Gerais sim OI
Contato 14 São Paulo não Telefônica/Speedy
Contato 15 São Paulo não Telefônica/Speedy
Contato 16 Santa Catarina sim Brasil Telecom
Contato 17 Rondônia sim Brasil Telecom
Contato 18 Santa Catarina sim Brasil Telecom

Outra verificação foi entrar em sites que tiram "print screen" e selecionar o site http://pages.google.com. E, também houve êxito. Lembrando que esses site estão hospedados no exterior.

Último teste foi fazer um ping pelo MS-DOS, o que também não houve êxito.

Em contato com o Google, responsável pelo site pages.google.com, o mesmo diz que o site está em pleno funcionamento, sem qualquer restrição ou problema. O que pode ser facilmente confirmado pelos testes acima.

É fato que a Telefônica/Speedy é o serviço mais caro, também é o pior, o mais instável, e com um atendimento que não sabe estimar nem o número de clientes.

Agora, só aguardar uma resposta na quarta-feira, se é que terei mesmo uma resposta, e rezar para acabar o bloqueio.


RESPOSTA
Quarta-feira à tarde, após alguma insistência: Telefônica, através da supervisora Eveline Bastos (RE 278146), informa que o acesso ao site nesse momento está OK e sugere que seja feita uma verificação no sistema operacional, antivírus e firewall.


COMENTÁRIO
Fato que a resposta ineficiente da operadora, só vem reafirmar sua total incompetência, sendo que a reclamação está baseada em fatos, e demonstram que não há ou houve quaisquer problemas no meu ou no computador de qualquer usuário do Speedy, referente a esse caso, e sim, realmente um bloqueio por parte da empresa.

O bloqueio de fato comprovado, e posteriormente o desbloqueio sem quais quer esclarecimentos, mostra também uma obscuridade nos procedimentos da empresa, chegando inclusive à censura.


ATUALIZAÇÃO
Diante de posicionamento tão medíocre fui atrás de uma informação relevante, e após certa insistência na ouvidoria da Telefônica recebi a confirmação de que realmente houve o bloqueio.

De acordo com a Telefônica, o bloqueio que durou 10 dias foi necessário para garantir a segurança dos usuários do Speedy.

Só quero comentar o seguinte, de fato não foi provado ou argumentado nenhum problema de segurança, que de base a essa justificativa. Portanto, o bloqueio foi feito supondo um problema de segurança.

Outra coisa, pelo que me consta qualquer impedimento sem prévio aviso ou esclarecimento devido e oportuno é censura.
Portanto, supondo que a Telefônica tenha bloqueado o acesso para garantir a segurança dos usuários do Speedy fez de maneira errada, o que descaracteriza tal ação.

Atualizado 30 de maio de 2008, às 17h




blog comments powered by Disqus