sexta-feira, 30 de maio de 2008

Rafinha no Globo Repórter... kkkk

Quem diria, um programa que já foi referência de qualidade se rebaixar a mais esse nível.

De fato, o Globo Repórter não é mais considerado o que já foi um dia, não pela aparição do Rafinha hoje, claro que não, mas devido a principalmente não trazer mais nada de novo.

Todos os meses, sem exceção, tem a matéria das frutas que rejuvenescem e por ai vai. A criatividade e inovação ficam por conta de como eles conseguem contar sempre as mesmas coisas com um texto quase sempre diferente.

Aliás, essa questão do "um milhão" que está sendo tratada hoje, também tem todo o mês. Posso dar uma idéia? Por que eles não pesquisam possíveis pessoas que tenham assistido a esse programa "Como ganhar um milhão", em uma das novecentas mil vezes que já foi ao ar, e já tenham sido ajudadas e tenham ganhado o seu milhão.

Bom, mas tirando os problemas de qualidade que o programa enfrenta, vamos comentar o fato.

Rafinha, esse sim quem diria! Um machista, homofóbico, ignorante e marginal. Se inscreveu a pedido de amigos, nunca assistiu o programa e não gostava, e agora declara que não, que não pensava em mais nada além de desejar entrar e ganhar.

Num era ele que ia casar se ganhasse os carros, depois também se ganhasse o um milhão... bom sei lá né.

A tal Rádio Pinel, que pretendia tirar Ana Maria Braga do abismo, pelo tenho acompanhado por cima, tem a levado cada vez mais fundo.

De qualquer maneira, claro... fazendo vistas grossas a mais aquela tramóia da votação final orquestrada pelo Boboninho, onde encerrou a votação no momento em que a mesma estava favorável ao Rafinha, não nego que ele ganhou o programa.

Só não entendo o seguinte, ele reflete o povo brasileiro ou a ingenuidade/burrice do povo brasileiro. Tudo bem, povo brasileiro foi muito genérico.

Sendo assim, deixemos isso pra lá, porque ele já está com sua Hilux na garagem. O resto, como eu, que pare de assistir esse tipo de programa e vai trabalhar (ponto)

Ah! Globo Repórter, Mais Você, Boboninho, Rafinha fazem parte do tal "Q", que a Globo diz que é qualidade, apesar de que o telespectador não têm visto essa tal qualidade. Pra Tv Record, o "Q" significa queda. :P

OBS: Antes que pense que esse post contêm algum ar de preconceito ou inveja, não se engane, sei o que estou falando e falo com propriedade.




blog comments powered by Disqus