quinta-feira, 29 de maio de 2008

MySpace monitora todo o conteúdo postado por usuários do site

O vice-presidente e gerente-geral do site de relacionamento MySpace Brazil, Emerson Calegaretti, foi ouvido hoje pela Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pedofilia.

O MySpace é uma rede social muito popular nos Estados Unidos, não tão popular no Brasil, mas acessada por 3 milhões de brasileiros por mês.
O site é ligado ao grupo de comunicação News Corporation, dono dos canais de televisão FOX e National Geographic, e jornais como New York Post e The Wall Street Journal, entre outros.

Calegaretti respondeu a várias perguntas dos senadores e explicou que a empresa monitora todas as 15 milhões de imagens e os 70 mil vídeos carregados por dia no site de relacionamento. Ferramentas de segurança instaladas pelos administradores ajudam a identificar automaticamente conteúdos contendo pornografia infantil e são retirados do site em menos de 30 minutos depois de publicados.

"O monitoramento das páginas é feito por técnicos da empresa localizados em escritórios na Europa, na Ásia e nos Estados Unidos. Todas as imagens postadas passam por uma primeira verificação, na qual são identificados materiais suspeitos, que são enviados para revisão. Nessa segunda fase, imagens e conteúdos confirmados como inadequados são eliminados do site. A notificação à Justiça não é uma obrigação legal, mas uma política adotada pela empresa.", explicou Emerson Calegaretti.

Informou também, que os conteúdos identificados, são armazenados junto com as informações que permitem à identificação do computador que as enviou, podendo ser consultadas durante um ano.

Com informações da Agência Senado




blog comments powered by Disqus