terça-feira, 20 de maio de 2008

Juíza impede que Brasil Telecom CENSURE seus clientes

A juíza Flávia de Almeida Viveiros de Castro, da 6ª Vara Cível da Barra da Tijuca, julgou improcedente uma ação da Brasil Telecom contra a GLB Serviços interativos, responsável pelo serviço de montagem de sites "kit.net". No processo, a Brasil Telecom pedia que fossem retiradas do ar páginas com críticas à empresa, como uma chamada "Eu Odeio a Brasil Telecom".

Segundo a juíza, não há prova sequer da existência deste site e não pode ser cerceado o direito à liberdade de expressão e de pensamento do cidadão. "Exercer censura sobre a internet, exceto nas hipóteses de crime, seria pôr fim ao seu objeto de unir povos e culturas diferentes no espaço virtual", entendeu a magistrada, que lembrou ainda que "WWW", usado em endereços eletrônicos, significa World Wide Web - rede livre mundial de computadores.

Ainda de acordo com Flávia de Castro, o "kit net" é um serviço de montagem de site, servindo como uma ferramenta para divulgação de uma página de pessoa física ou jurídica. A juíza disse ainda na sentença que o fato de existir uma comunidade com críticas aos serviços prestados pela empresa não sinaliza qualquer ofensa. "Pensar diferente, apenas porque o nome da comunidade é 'eu odeio a Brasil Telecom' seria concluir o absurdo: críticas só poderiam ser admitidas se elogiosas fossem! Determinar a retirada do ar de páginas com tal conteúdo representa a utilização do Poder Judiciário como instrumento de censura, o que é inadmissível no Estado Democrático de Direito", ressaltou a juíza.

Fonte: TJRJ


A informação
A "querida" empresa de telefonia é paga para prestar um serviço e não o faz. Ou, quando cumpre é com péssima qualidade.
O cliente (otário, babaca, idiota) liga para empresa com a finalidade de tentar resolver o problema e é recebido com chacota, brincadeira e desdenho.

O que o CLIENTE faz?
Mostra que não é ele que é o otário, babaca e idiota, e cria uma página na internet e apenas retrata, veja bem, RETRATA o que acontece com ele.
Infelizmente, para essa "querida" empresa, as informações parece que não são tão favoráveis.

Então o que a EMPRESA faz?
Ao invés de se preocupar em prestar o serviço do qual está sendo PAGA, criar um atendimento com o dinheiro que o cliente PAGA... NÃO.
Ela processa a empresa que mantêm a página do cliente no ar.

Ou seja, pega o dinheiro do CLIENTE para indiretamente processar e prejudicá-lo, pois na ótica distorcida da "querida" empresa, é ela que está sendo prejudicada.

Observação
Mal sabe na verdade, que quem está sendo integralmente prejudicado é o cliente, que ainda PAGA para tal.

Conclusão
Uma empresa nada, absolutamente nada é sem sua imagem.
Se você tem algum problema, com qualquer que seja a empresa, sim, você deve expor o seu problema. Não pelo fato de simplesmente expor, mas sim porque o seu problema pode ser o de outro, e de outro e de outro. E outra coisa, alguém também já pode ter tido e resolvido o mesmo problema, sendo assim pode ajudá-lo.

Mas, não vá com o objetivo de "dar o troco", será mais útil se você "apenas", assim como não quer nada, relatar. Sim, de maneira formal, objetiva e coerente.
Em seguida, você desprende sua raiva na quantidade. Coloque seu relato em todas as comunidades do orkut (caso não exista, crie uma), mande por e-mail, MSN, envie para o Procon, agências reguladoras como (ANATEL, ANEEL...), entidades de defesa do consumidor (IDEC, PROTESTE...), para jornais (Folha, Estadão...), revistas (Veja, Época...), sites especializados em direito (Última Instância, Consultor Jurídico...) e em defesa do consumidor (Reclame Aqui, Nunca Mais...).

Posso te garantir, que a sua reclamação será lida e será integralmente de conhecimento da empresa. De maneira mais simples e eficiente do que ficar uma hora conversando com uma atendente, que nem da empresa é, normalmente é terceirizada.
Além é claro de milhões e milhões de pessoas que tem acesso à internet.
Mesmo porque, tem empresas especializadas em monitoramento da internet, que são contratadas com o seu dinheiro, para dizer o que, quando e onde estão dizendo sobre suas contratantes.

Só mais uma coisa, não se preocupe em sequer haver possibilidade de você ser processado, porque você estará apenas RELATANDO fatos, e não falando mentiras e calúnias. E quanto a tirar site do ar, também não se preocupe, pois caso o servidor o qual você mantêm uma página decidir adotar tal procedimento de censura, ai é ele que pode ser processado.

Portanto, bote a boca no mundo, ou os dedos na internet.


OBS 1: As informações e dicas passadas servem para qualquer situação e qualquer empresa.

OBS 2: A Brasil Telecom responde a 297 processos só no estado do Rio de Janeiro e só nos 4 primeiros meses desse ano.




blog comments powered by Disqus