sexta-feira, 21 de março de 2008

BBB 8 - Máquina de fazer DINHEIRO

Big Brother Brasil 8Primeiro, antes de qualquer coisa, o obvio:  É incontestável a desclassificação do Marcos.

Observem que os fatos “problema” aconteceram depois das 6 horas da manhã. Horário do qual eu já não mais acompanhava.

Assumido o incontestável, vamos aos comentários e críticas.

Eu pedi para vocês, independente de qualquer coisa, prestarem a atenção nas atitudes da produção, direção e apresentação. Então vamos lá.


Os “fatos” que geraram a polêmica se sucederam por volta de 9 horas da manhã. Rafinha desistiu da prova por volta de 7 horas da manhã. Natália desistiu por volta de 11 horas da manhã.

Todos concordam, que Marcos ultrapassou qualquer limite e tolerância?

Se parece ser uma coisa tão obvia. Porque, Natália foi submetida pela DIREÇÃO, a permanecer por mais de duas horas desnecessariamente. Detalhe, ela já estava há 10 horas em pé.

Acho que é fato, que TUDO tem um limite. Brincadeira, raiva, falta de atenção e inclusive tolerância.

O fato de a participante Natália Casassola ter sido OBRIGADA pela DIREÇÃO, a permanecer por duas horas a mais, sem nenhuma necessidade, mostra apenas a TOTAL e ABSURDA falta de respeito.

São responsáveis e coniventes por isso, a Rede Globo, o Senhor José Bonifácio Brasil de Oliveira (Boninho) e o Senhor Pedro Bial. São igualmente coniventes, os patrocinadores do programa.

O motivo dessa atitude, classificada fielmente por mim de desrespeito, desumanidade e humilhação, é AUDIÊNCIA. Em outras palavras DINHEIRO.

Esse "acontecimento" não foi e não é, um caso pontual. Uma falta de atenção ou um acidente.

Esse tipo de “procedimento” é habitual, em exemplo, o caso parecido nessa mesma edição, quando a participante Juliana desmaio dentro de uma caixa de acrílico sem ventilação.

Não sendo o suficiente o desmaio, a direção do programa ignorou o acontecimento e só disponibilizou atenção médica depois de vinte minutos.


Independente da minha ou da sua torcida, não ignore e seja conivente com o que está na SUA cara.

Peço gentilmente que reflita sobre isso.




blog comments powered by Disqus