quarta-feira, 26 de março de 2008

BBB 8 - Maratona de Chats: Felipe Basílio

Big Brother Brasil 8
Maratona de Chats: Felipe Basílio



Gregori Pavan | Big Brother Brasil 8 - BBB 8Moderador fala para a platéia: Felipe está pronto para falar com vocês.

Felipe fala para a platéia: Aquela altura do campeonato eu não sabia quem estava certo ou errado. Eu procurei ser o mais neutro possível.

Moderador apresenta a mensagem enviada por laisynhaaa: Você se arrependeu de alguma coisa dentro da casa?

Felipe responde para laisynhaaa: Errei nas escolhas das luvas. Era para ter escolhido o Marcos. Mas não me arrependo de nada. Eu entrei mais para aproveitar a casa, meu conhecer. Fui amadurecendo com minhas atitudes.

Moderador apresenta a mensagem enviada por priscilaraissa: Após o término do BBB, como fico sua relação com a sua namorada?

Felipe responde para priscilaraissa: Está bem, graças a Deus. É uma situação nova, por mais que sabíamos que ia mudar muita coisa na minha vida, a gente nunca está preparado o suficiente.

Moderador apresenta a mensagem enviada por Jodson: Você achou que o vencedor ganhou de forma justa? Quem mais poderia ter ganho?

Felipe responde para Jodson: Nunca escondi que minha principal torcida era pro Rafinha. Depois que eu sai, torcia pela Ju, pelo Marcão e pela Thati. O programa é um jogo e cada um joga a sua maneira. Ele não precisou humilhar ninguém, jogou o mais sincero possível, por isso ele mereceu.

Moderador apresenta a mensagem enviada por MarceloUberabaMG: Você sabe que sua vida não vai ser a mesma, como você já tem projetos, você tem medo do sucesso?

Felipe responde para MarceloUberabaMG: Nunca estive envolvido com a área artística e tenho que aproveitar essas chances. Vou me preparar, vou estudar, mas gostaria de ser apresentador. Algo voltado aos jovens. Quero tentar seguir essa carreira.

Moderador apresenta a mensagem enviada por Gabi2008: Por que você não gosta do apelido de "negão"?

Felipe responde para Gabi2008: Tenho vários apelidos. Lulu, Fê, Negão como aconteceu na casa. Não é que não gostei, mas preferia ser chamado de Felipe. Queria ficar conhecido dessa forma, não como o Negão que é o apelido que todos os negros recebem na casa.

Moderador apresenta a mensagem enviada por Olavo: Por que você se arrependeu de ter colocado as luvas na Gyselle, quando você atendeu o Big Fone?

Felipe responde para Olavo: Eu errei ali. Deveria indicar a Thati e o Marcos, daí ficaria a critério do líder. Não foram as pessoas que eu menos gostava. Tentei disfarçar, falando que era mais uma brincadeira da casa. Fui levado pelo momento e acabei fazendo tudo errado. A Gyselle é o Marcelo eram muito próximos e não acho legal colocar em conflito duas pessoas muito queridas. Naquele momento acabei fazendo isso. Até falei com eles na casa, porque não tinha mais porque esconder aquilo.

Felipe fala para a platéia: Uma coisa que sempre procurei foi me dar bem com todo mundo. Não entro em briga de graça. No momento que fui para o paredão me senti um pouco isolado. Não achei que fosse indicado pelo líder e pela casa. Senti a pessoa menos querida. É complicado, fiquei chateado com aquilo.

Moderador apresenta a mensagem enviada por carinhosa: O que mais você se identificou com o Rafinha?

Felipe responde para carinhosa: Ele é moleque e moleques se entendem. Com o Rafinha foi assim. Até imaginei que não me daria bem com ele, mas meus amigos aqui foram se parecem muito com ele. Teremos uma amizade longa. Ele é uma pessoa em que posso confiar. Conheci a mãe dele, a namorada dele, o pai dele. Sentia como se fosse um pouco da família. Não quero me afastar dele.

Moderador apresenta a mensagem enviada por dcafezeiro: Depois que você saiu da casa, o que você achou vendo o programa por de trás das câmeras, tinha gente jogando ou não?

Felipe responde para dcafezeiro: A primeira coisa que eu sentia era saudades. Tendo a visão aqui de fora, acaba vendo como cada um lida com o jogo e com a pressão. Não foi nada muito diferente do que eu estava imaginando.

Moderador apresenta a mensagem enviada por lucascaratinga: Qual o motivo de sua participação ter sido discreta?

Felipe responde para lucascaratinga: O que eu posso falar é que aparecia muito pouco nas edições. Não arrumei confusão, não saí com mulher nenhum. Fui uma pessoa muito brincalhona na casa, sempre participava do grupo em geral através das brincadeiras. Só que não teve muito destaque. Sou uma pessoa extrovertida, sou daquele jeito. Não ia querer bancar o palhação, nem tentar ficar mais sério. Não tenho do que reclamar da minha estadia lá. Estou satisfeito, não fui tímido.

Moderador apresenta a mensagem enviada por Pia: Você ficou ofendido ontem quando em um VT da edição questionaram se você esteve mesmo na casa?

Felipe responde para Pia: A minha primeira preocupação quando entrei na casa foi não afetar ninguém da minha família ou dos meus amigos. Quando saí de lá todos vieram me dar os parabéns e isso é o que importa. Ninguém achou que forcei barra em momento algum.

Moderador apresenta a mensagem enviada por mali: O que você acha das mudanças do BBB 8? Como o Big Fone, o Paredão Triplo, além das Prova do Anjo tem as prendas do mostro?

Felipe responde para mali: Acredito que estávamos todos muito amigáveis e eles usaram esses artifícios para um querer matar o outro. O Big Fone tem que pensar na hora, dar a resposta ali no ato. Tinha aquelas provas de acordar e eu prezo muito pelo meu sono. Isso ia deixando a gente nervoso. Foi bem interessante agora que estou do lado de fora. Ali dentro foi um sofrimento só.

Felipe fala para a platéia: Teve também o Paredão triplo, uma idéia boa. Com Paredão duplo, você sabia como estava quando o outro saía. Agora, com o triplo não tinha como saber a porcentagem de ninguém que ficava.

Moderador apresenta a mensagem enviada por anap28: Como você avalia o comportamento do Marcelo dentro da casa?

Felipe responde para anap28: Marcelo era uma pessoa muito querida por mim na casa. Fomos nos afastando conforme o jogo ia passando. Eu acredito que quando se está no jogo, deve-se falar do jogador. Ou tentar resolver as diferenças dentro do jogo. Foi a tática dele, conflitante com a minha estratégia e cada um obteve o sucesso conforme foi traçado. Me chocou o vídeo que eu vi dele falando que eu ficava em cima do muro. Nenhum dos dois obteve sucesso, pois o campeão foi o Rafinha.

Moderador apresenta a mensagem enviada por danimg: Você acha que a escolha da luva tenha influenciado na sua saída?

Felipe responde para danimg: Claro que teve. Foi um fator muito importante para a minha saída. O pessoal viu que eu fiquei confuso e acabei errando. Determinou porque o pessoal viu um pouco de indecisão da minha parte. Foi feita justiça, as duas voltaram do paredão, eu saí.

Moderador apresenta a mensagem enviada por dydy: Aquela roupa de mosquito te aborreceu em algum momento?

Felipe responde para dydy: Aquela roupa esquentava, pinicava. Tinha que dormir com ela. Foi um momento muito divertido, passei com uma pessoa querida. Foi uma dupla e tanto.

Moderador apresenta a mensagem enviada por ananda: O que você achou da porcentagem 50,15 %, inédita até então?

Felipe responde para ananda: Isso mostrou que colocaram duas pessoas muito queridas pelo público em confronto numa final. O Rafinha foi cativando o pessoal dentro e fora da casa. A Gyselle tem um estilo mais sério, mas acabou conquistando a torcida dela aqui fora. Isso mostra que o público ajuda quando quer que ganhe.

Felipe fala para a platéia: A primeira mostra que a Gyselle era forte foi o primeiro paredão. Teve um índice baixo logo no primeiro paredão. Ela foi indicada para o segundo paredão e voltou. Daí o pessoal da casa começou a perceber que ela era forte e entender melhor o lado dela. Eu já falei que ela seria uma das finalistas e a casa estava disputando o segundo lugar.

Moderador apresenta a mensagem enviada por wrgg: Porque todos inclusive você, quando não tinha em quem votar, votavam na Gyselle?

Felipe responde para wrgg: Eu votei sim uma vez nela, quando não tinha mais opção. Mas falei que não queria votar nela. Votei muito no Marcos e na Gyselle. Conforme o jogo vai apertando, as chances diminuem. Para o andamento da casa, pelo estilo da Gyselle de ser, ela ficava mais isolada da casa. Se era para votar em alguém, estava votando na pessoa menos participativa.

Felipe fala para a platéia: Obrigado.

Moderador fala para a platéia: Juliana é a próxima a teclar com vocês.





blog comments powered by Disqus