sábado, 15 de março de 2008

BBB 8 - Entrevista com Boninho

O sem graça e que acha que está no mundo só para brincar, Boninho (infelizmente diretor do BBB), concedeu entrevista a repórter Olívia Mendonça, do jornal O Dia.

Vamos começar explicando que a entrevista é pra causar polêmica, pra tentar desesperadamente angariar audiência para o naufragado BBB 8.


Olivia: Como você avalia esta 8ª edição do programa?
Diretor: Não terminou ainda. Mas estou feliz. A audiência está ótima (41 pontos). Vejo como um jogo de xadrez, todos os peões são importantes. Não tivemos mocinhos e bandidos. Todo mundo mostrou um lado malvado e outro de coitado.

A audiência está ótima? Onde ele ta vendo isso? Pelo que registra o Ibope não é essa a informação. De onde ele tirou essa afirmação?

Olivia: Você lamenta a saída dos participantes polêmicos?
Diretor: O programa é muito mais forte do que as pessoas. Não lamento a saída de ninguém.

"O programa é mais forte", como assim? Pelo que me consta o programa são as pessoas que participam, não é isso? É isso sim, ele mesmo fala ali na resposta acima "todos os peões são importantes".
Não lamenta a saída? Porque então a edição fez de tudo pra manter o Marcelo o máximo possível?

Olivia: Você concorda com o autor Aguinaldo Silva, que disse em seu blog que Thati é a grande vilã do BBB 8?
Diretor: Gosto dessa teoria. Acho que ela tem ar de vilã mesmo. Não confio em nenhuma lágrima dela. Ela é "fake" (falsa).

Engraçado, primeiro que eu julgo não ser relevante esse tipo de opinião do diretor do programa. Segundo, ele não tem opinião própria não? E eu diria mais, da mesma maneira que a Thatiana é falsa, o diretor e o programa também são, aliás, o programa é bem mais falso que a Thatiana. De "reality" num tem nem a grama do jardim, nem a água da privada.

Olivia: Acha que Thati tem algo a esconder?
Diretor: Ela já falou tudo. Falou bêbada, falou quando brigou com Marcelo. Só quem não vê o que ela fala é o Marcos. Vai ser como "corno", o último a saber.

Pelo que me consta não tem nada de tão absurdo a Thatiana já ter beijado mulheres. A boca é dela ela bota onde ela quiser. Também me consta que o Marcos já sabe, já está ciente e continua na jogada por acomodação e não por ilusão. De coitado o Marcos num tem nem o cabelo.

Olivia: Jaque era "a cachorra", mas quem polemizou nas declarações foi Natália...
Diretor: Natália é uma menina real, que gosta de se divertir. Ela dá a cara para bater. Se você pensar, as declarações da Thati foram bem piores. O problema é que Nat ficou com o Fernando, que era um chato, machista. Mas ela nunca o traiu na casa.

Jaque era "a cachorra"? Juliana era o que então?

Olivia: Alemão, do BBB7, é o ídolo dos participantes desta edição. Isso atrapalha?
Diretor: O Diego tem esse brilho e é um personagem fantástico. O Fernando tentou ser o Alemão, mas não colou.

Diego nada mais foi do que uma criação do próprio diretor, nada mais e nada menos do que isso. Fernando tentou sim ser o Alemão, só que esqueceu do principal detalhe: aval do próprio diretor. Esse pelo que se sabe, prefere mais o "moleque" do que o "pitboy".

Olivia: Você se trataria com algum médico ex-BBB?
Diretor: Não me consultaria com psiquiatra ou psicanalista nenhum. Mas não tenho preconceito. O cara pode ser um superprofissional. Você não chega numa consulta e pergunta se o médico é mau-caráter.

Interessante a afirmação, mas acho que teria primeiro que saber se os ex-BBBs o atenderiam.
A gente não chega numa emissora e pergunta se o diretor é mau-caráter. Isso a gente percebe, mas pra isso tem um preço, tem que assinar o Pay-per-View ou a Globo.com. Eu garanto que você terá todas as suas dúvidas respondidas, como eu tive. Também, nunca mais assistirá nada que leve a "marca" J.B. Oliveira, isso eu garanto! Pegue por exemplo o programa da Ana Maria Braga, tava ruim sim, atualmente ta uma merda. Por isso que a coitada num queria ir pro Rio.

Olivia: Até quando o BBB tem fôlego?
Diretor: Para muitas edições. Quero fazer mais uma ou duas nesses moldes e, talvez, em 2010, uma só com celebridades.

Se a pergunta é essa "Até quando o BBB tem fôlego?", é porque de fato as coisas não tem indo bem. Se tivesse tudo mil maravilhas a pergunta seria "Quando começa o  próximo BBB".
"Muitas edições"? Que estranho, eu sei que ele comprou os direitos pra muitas, mas isso não quer dizer que "nós" vamos assistir a quantidade que ele julga necessário. Por mim ele perdeu dinheiro, eu não assisto mais nenhuma edição do BBB. A oitava foi o sepultamento, eu já estou chorando e daqui pra frente a vida continua. SEM BBB.
É, quem pode, pode né! Infelizmente o "coronelismo" ainda existe na Globo. Ninguém de dentro da Globo ousa sequer contestá-lo, se ele manda pular todo mundo pula, se ele manda abaixar a calça todo mundo abaixa. O que a ameaça de perder um emprego não faz né?
Vamos mesmo ver até quando ele consegue sustentar na lábia uma atração que já era pra ter terminado a tempos. Vai começar a até a copiar o "Tio Silvio". Só não sei se em 2010 a Globo ainda existirá, e mais, se existir, se ainda vai ter alguma celebridade lá. Record já pegou uns 30%, Band outros 20%, SBT uns 10%, daqui a pouco nem mais o Bial tá na Globo.
Outra coisa, se ta indo tão bem assim, porque vai mudar pra artistas? Isso também me soa estranho.

Olivia: E uma edição de ex-BBBs?
Diretor:  Nem pensar (risos). Ex-BBB é ex-BBB. E não acho que iria dar certo. As pessoas mudam.

Será que os ex-BBBs aceitariam participar? Tem que ver isso primeiro hem! Eu tenho lá minhas dúvidas. E dar certo num ia mesmo, esse com novos participantes não está, de lá ver gente repetida.


Entrevista boba né? Até eu que não sou formado em nada faria perguntas mais interessantes. Mas acho que a repórter foi a altura do que o "diretor" representa. Talvez ai esteja a jogada. Entenderam :D




blog comments powered by Disqus