quarta-feira, 31 de outubro de 2007

O Ex-Namorado da Minha Mulher (The Ex)

Sinopse: Tom Reilly (Zach Braff) e Sofia Kowalski (Amanda Peet) estão esperando o 1º filho. Por causa disto eles decidem deixar a agitada vida de Nova York e morar na cidade natal de Sofia, em Ohio. Lá Tom passa a trabalhar com seu sogro, Bob (Charles Grodin), numa agência de publicidade comandada por um executivo excêntrico, Don Wollebin (Donal Logue). Apesar de se esforçar para ser bem sucedido no novo trabalho, Tom enfrenta problemas com Chip Sanders (Jason Bateman), um ex-namorado de Sofia que está paraplégico e também trabalha no local.

Nota:




Bobby (Bobby)

Sinopse: 4 de junho de 1968. O candidato à presidência Robert F. Kennedy (Dave Fraunces) está prestes a discursar no Ambassador Hotel, em Los Angeles. No local está John Casey (Anthony Hopkins), porteiro aposentado que joga xadrez com seu amigo Nelson (Harry Belafonte), também funcionário aposentado do hotel. Paul Ebbers (William H. Macy) é o atual gerente, com sua esposa Miriam (Sharon Stone) trabalhando como cabeleireira no hotel. Angela (Heather Graham) é a telefonista do hotel, que acredita que o caso que mantém com Paul lhe garantirá em breve uma promoção. No hotel ainda trabalham os cozinheiros Timmons (Christian Slater) e Edward Robinson (Laurence Fishburne), os trabalhadores latinos José (Freddy Rodriguez) e Miguel (Jacob Vargas) e a garçonete Susan (Mary Elizabeth Winstead), que sonha em se tornar uma grande estrela. Entre os hóspedes estão a cantora alcóolatra Virginia Fallon (Demi Moore), contratada para apresentar o senador Kennedy na festa das eleições preliminares na Califórnia, e seu marido frustrado Tim (Emilio Estevez); Diane (Lindsay Lohan), que se casará com William (Elijah Wood) para evitar que ele vá para o Vietnã; e Jack (Martin Sheen), um socialite deprimido que está numa 2ª lua-de-mel forçada com sua esposa Samantha (Helen Hunt). No local estão também Integrantes da campanha de Kennedy, como os jovens assistentes Wade (Joshua Jackson) e Dwayne (Nick Cannon), a jornalista tcheca Lenka (Svetlana Metkina) e os voluntários novatos Jimmy (Brian Geraghty) e Cooper (Shia LaBeouf). No decorrer do dia todos levam suas vidas normalmente, enfrentando os problemas do cotidiano, esperando que à noite todos se encontrem para ouvir o discurso a ser proferido por Kennedy.

Nota:




Treze Homens e um Novo Segredo (Ocean's Thirteen)

Sinopse: Reuben Tischkoff (Elliott Gould), o homem que bancou financeiramente o assalto triplo aos cassinos de Terry Benedict (Andy Garcia), foi traído por Willie Bank (Al Pacino), um inescrupuloso dono de cassinos. Com Reuben no hospital, Danny Ocean (George Clooney), Rusty Ryan (Brad Pitt) e sua trupe mais uma vez se reúnem para iniciar um plano de vingança. O objetivo é derrotar Bank na noite de inauguração de seu mais luxuoso cassino, chamado The Bank, derrotando-o financeiramente e também atingindo sua reputação.

Nota:






A Fraude (A Little Trip to Heaven)

Sinopse: Quando uma Apolice de segura de vida de um milhão de doláres entra em processo de entrega, a seguradora tem que investigar. E ai que, Holt (Forest Whitaker) é enviado à pequena cidade de Hasting para solucionar a misteriosa morte de Kelvin, que tem a irmã Isold (Julia Stiles) como única beneficiária do seguro. Holt suspeita de uma fraude e para provar que está certo se baseia em cicatrizes antigas. Mas ele pode estar errado, porque se a seguradora ganhar todas as causas, as pessoas podem deixar de comprar uma apólice. Afinal, em quem você aposta?

Nota:




Resgate Abaixo de Zero (Eight Below)

Sinopse: Jerry Shepherd (Paul Walker), Charlie Cooper (Jason Biggs) e o geólogo David McClaren (Bruce Greenwood) fazem parte de uma expedição científica na Antártica. Devido a um acidente inesperado e às perigosas condições metereológicas da região, a expedição é obrigada a abandonar sua equipe de cães de trenó. Com isso os cães precisam enfrentar sozinhos o forte inverno da Antártida por 6 meses, até que seja possível organizar uma nova missão, com o objetivo de resgatá-los.

Nota:






Frase do dia

Se aprendemos a fazer uso correto da nossa mente, deixamos de ser influenciados por ela e a transformamos em nossa aliada.
Tania Fenocchio




Claro deve indenizar clientes por bloquear celulares

A Claro foi condenada a indenizar 21 mil clientes por danos morais e materiais. Em setembro de 2006, quando a empresa trocou o sistema TDMA pelo GSM, os aparelhos foram bloqueados e os usuários não podiam fazer ligações. A decisão é da juíza da 4ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, Fernanda Galizza do Amaral.

A Ação Civil Pública foi movida pela Comissão de Defesa do Consumidor da Assembléia Legislativa do Rio (Alerj). “A real intenção da Claro foi forçar seus clientes a trocarem de tecnologia TDMA por GSM, condicionando a migração não-onerosa somente se tivesse à disposição nas lojas aparelhos similares, o que quase nunca aconteceu”, afirma a presidente da Comissão, deputada Cidinha Campos (PDT).

Segundo a deputada, a operadora também agiu arbitrariamente ao vincular a mudança de aparelho a um contrato de 15 meses, o que considerou totalmente ilegal.

De acordo com a ação, a Claro obrigou seus clientes a digitar um código de segurança enviado por ela, via carta, sendo necessário revalidá-lo a cada oito horas. Após comunicar o bloqueio das linhas e fornecer o tal código, a operadora sugeriu a troca da linha TDMA pela GSM. Para a Alerj, o acesso aos serviços previamente contratados foram dificultados. Além disso, não poderiam ser alterados sem a concordância do cliente.

Na ação, a Comissão pediu a proibição de a Claro voltar a fazer novos bloqueios de linhas, a suspensão das ofertas que visem à troca de tecnologia que gerem custos adicionais aos clientes, vinculando-os a contratos de longo prazo, e a indenização aos consumidores da forma mais ampla possível. Segundo a deputada Cidinha Campos, o Código de Defesa do Consumidor diz, em seu artigo 95, que a migração de tecnologia por questões de segurança tem de ser feita sem ônus aos consumidores.

Fonte: Consultor Jurídico
Link original da notícia, clique aqui.




segunda-feira, 29 de outubro de 2007

Frase do dia

A sociedade que não é socialmente justa e não ambiciona tornar-se tal, põe em perigo o seu futuro.
Papa João Paulo II (Karol Jósef Wojtyla) religioso POL 1920-2005




sábado, 27 de outubro de 2007

Ouvidoria: O que é? Pra que serve?

Definição e origem
De acordo com o dicionário Michaelis ombudsman/ouvidoria é:

n ombudsman: funcionário designado para receber e investigar reclamações dos cidadãos contra órgãos governamentais ou empresas.

Palavra sueca, derivada de ombud, que quer dizer deputado ou representante. Geralmente é uma pessoa nomeada pelo governo a fim de investigar queixas e proteger os direitos dos cidadãos privados, mesmo contra a ação das demais autoridades. O termo também abrange qualquer pessoa que defenda os direitos individuais.

O que é ouvidoria?
Entendo que ouvidoria é um setor (departamento) de uma empresa/organização que existe para receber uma demanda de informações (reclamações, sugestões...), seja ela qual for, que o atendimento "normal" falhou e não conseguiu absorver.

Para existir, alguns princípios básicos e essenciais devem ser a base, são eles:
Independência;
Imparcialidade;
Autonomia;

Para funcionar, é imprescindível:
Organização;
Objetivo definido e claro;
Boa vontade e visão (sensibilidade);

E entender que ouvidoria NÃO é para a empresa, "é para o consumidor", e que resolvendo os problemas do consumidor isso se volta positivamente para a empresa.

Ouvidoria é bom... se você entender que "ter uma ouvidoria, é assumir que a empresa/organização não é capaz de resolver seu próprios problemas".

Ouvidor
Não se tem uma ouvidoria, sem um ouvidor (a).

Ouvidor é uma pessoa só, que "comanda" um setor/sistema de ouvidoria. Sendo assim, tudo o que é feito ou não na ouvidoria é de responsabilidade e deve ficar vinculado ao nome do ouvidor.

É fato, que não há um curso superior de formação de "ouvidor", mas existem cursos, seminários, palestras, entre outros que ajudam a nortear a função.

Desta maneira o nome do ouvidor deve ser sempre divulgado, sendo assim o mesmo deve ser responsabilizado ou aplaudido pelo que fez ou faz. E ter justamente seu trabalho reconhecido através de seu nome e não através do cargo.

Um ouvidor não deve ter um cargo vitalício, mesmo porque isso faz com que perca sua autonomia e autoridade. O seu cargo deve corresponder a um período pré-definido e o ouvidor deve cumpri sem nenhuma pressão e/ou intimidação.

Ouvidor deve funcionar mais ou menos como um auditor/interventor, só que mais digamos maleável, com mais diplomacia.

Ser ou exercer a função de ouvidor nada tem a ver com enrolador, tranbiqueiro... muito pelo contrário, o ouvidor deve ser sério e honesto. Deve ter autoridade e autonomia. Ele deve investigar e resolver!

Ouvidorias no Brasil
Infelizmente, como tudo no Brasil e desta vez não ia ser diferente, quando o conceito de ouvidoria/ombudsman "chegou" aqui, ele foi totalmente alterado para corresponder aos interesses apenas das empresa/organizações.

Então hoje você tem na verdade a apresentação de ouvidoria com o caráter teórico e poético, mas se você for observar bem, as ouvidorias não passam de mais um setor qualquer da empresa, com mais um monte de atendentes sem informação e vontade nenhuma, sem treinamento, sem um sistema definido, sem um objetivo definido, sem regras, sem um ideal e sem o compromisso ético. E sem autonomia e imparcialidade nenhuma.

Não passa de mais uma jogada de marketing, onde se passa uma "boa" imagem, mas o único objetivo é cansar e fazer com que o consumidor desista do seu propósito.




Tropa de Elite

Sinopse: 1997. O dia-a-dia do grupo de policiais e de um capitão do BOPE (Wagner Moura), que quer deixar a corporação e tenta encontrar um substituto para seu posto. Paralelamente dois amigos de infância se tornam policiais e se destacam pela honestidade e honra ao realizar suas funções, se indignando com a corrupção existente no batalhão em que atuam.

Nota:

Comentário: A mensagem ou a visão que o filme quer passar é extremamente idealista e até de certa maneira forte e relevante, e eu gosto disso. Porém, acho que essa tática de marketing (pra mim está mais do que claro que a questão da pirataria, e bla bla bla... foi proposital e para aparecer) banalizou e acabou com o que o filme tinha de melhor, aliás com a única coisa que o filme tinha de bom, porque fazer um filme sobre violência do/no Rio é pura prepotência.

Fora isso sempre fica faltando aquele toque de hollywood, de uma simples panela eles conseguem fazer um drama, se duvidar consegue fazer você até chorar, coisa que os filmes brasileiros não conseguem, pois não se apegam aos detalhes. Fora os efeitos especiais, e outros toques que dão vida ao filme. Ou seja, não basta uma boa história (se é que é uma boa história).




Os Condenados (Condemned)

Sinopse: Jack Conrad (Steve Austin) é um condenado à morte numa prisão corrupta da América Central e que é "comprado" por um abastado produtor de televisão para participar num reality show ilegal. Levado para uma ilha deserta, Jack vê-se obrigado a lutar até à morte com outros nove assassinos condenados dos quatro cantos do mundo. Sem fuga possível - e com milhões de espectadores a assistir a violência não censurada online - Conrad tem de usar toda a sua força para sobreviver e conquistar a sua única oportunidade de liberdade.

Nota:




O Último Rei da Escócia (The Last King of Scotland)

Sinopse: Nicholas Garrigan (James McAvoy) é um elegante médico escocês, que deixou recentemente a faculdade. Ele parte para Uganda em busca de aventura, romance e alegria, por poder ajudar um país que precisa muito de suas habilidades médicas. Logo após sua chegada Nicholas é levado ao local de um acidente bizarro, onde o líder recém-empossado do país Idi Amin (Forest Whitaker), atropelou uma vaca com seu Maserati. Nicholas consegue dominar a situação, o que impressiona Amin. Obcecado com a cultura e a história da Escócia, Amin se afeiçoa a Nicholas e lhe oferece a oportunidade de ser seu médico particular. Ele aceita a oferta, o que faz com que passe a frequentar o círculo interno de um dos mais terríveis ditadores da África.

Nota:




sexta-feira, 26 de outubro de 2007

Samsung deixa Motorola para trás em celulares

A Samsung ampliou a vantagem sobre a Motorola e confirma a segunda posição no mercado mundial de celulares.

De acordo com pesquisa da iSuppli, a Samsung fechou o terceiro trimestre de 2007 com 15,1% do mercado, com um total de 42,6 milhões de celulares vendidos. A Motorola vendeu 36,5 milhões e ficou com 12,9% de participação. No trimestre passado, a Samsung havia superado pela primeira vez a Motorola.

A Nokia continua a liderar a fabricação de celulares com folga. Entre julho e setembro de 2007, a fabricante finlandesa vendeu 111,7 milhões de aparelhos, um domínio de 39,5% do mercado mundial.

Em quarto lugar aparece a Sony Ericsson, com 25,9 milhões de unidades vendidas e 9,2% de participação. A LG vem logo atrás, responsável por 7,7% das vendas no terceiro trimestre, num total de 21,9 milhões de aparelhos comercializados.

Outros fabricantes juntos somaram 44,4 milhões de unidades vendidas. No total do trimestre, foram comercializados 283 milhões de celulares no mundo.

Fonte: Info Online
Link original da notícia, clique aqui.




KIBON faz recall

A Unilever Brasil, detentora da marca Kibon, comunicou ao público no sábado (20/10), que foi impresso erroneamente nas embalagens do sorvete Cornetto Chococo a informação de que o produto "não contém glúten". Entretanto, a empresa confirma a informação de que o produto contém glúten em seu cone (casquinha).

A Kibon informa que já providenciou o recolhimento dos produtos distribuídos no mercado e disponibiliza o atendimento ao consumidor por meio do fone 0800 707 99 33.

A Fundação Procon-SP entende que por se tratar de possibilidade de risco à saúde do consumidor, a empresa deve, além de recolher o produto do mercado, divulgar amplamente o ocorrido através da imprensa escrita, rádio e TV, conforme determina a legislação.

O Procon-SP orienta os consumidores sobre seus direitos e acompanha atentamente convocações desse tipo, como procedimento incorporado à sua dinâmica de trabalho. A empresa deverá apresentar os esclarecimentos que se fizerem necessários, conforme determina o Código de Defesa do Consumidor, inclusive com informações claras e precisas sobre os riscos para o consumidor.

O que diz a lei
O Código de Defesa do Consumidor, em seu artigo 10, estabelece que: "O fornecedor não poderá colocar no mercado de consumo produto ou serviço que sabe ou deveria saber apresentar alto grau de nocividade ou periculosidade à saúde ou segurança.

§ 1º O fornecedor de produtos e serviços que, posteriormente à sua introdução no mercado de consumo, tiver conhecimento da periculosidade que apresentem, deverá comunicar o fato imediatamente às autoridades competentes e aos consumidores, mediante anúncios publicitários".

Os consumidores que já passaram por algum problema causado pela informação incorreta impressa na embalagem poderão solicitar, por meio do Judiciário, reparação por danos morais e patrimoniais, eventualmente sofridos.

Caso o consumidor encontre dificuldade em ser atendido pela empresa, poderá procurar ajuda - ou efetuar reclamação - na Fundação Procon-SP, que atende pessoalmente nos postos do Poupatempo (Sé - Pça. do Carmo, s/n; Santo Amaro - R. Amador Bueno, 176/258; ou Itaquera - ao lado do Metrô Itaquera), por carta (Caixa postal 3050 - CEP 01061-970 - SP-SP), por fax (0xx11. 3824-0717) e pelo telefone 151 (somente orientações) Para obter informações sobre reclamações contra fornecedores o telefone é o 0xx11. 3824-0446.

Fonte: Procon-SP
Link original da notícia, clique aqui.

Segue comunicado oficial da empresa:




quinta-feira, 25 de outubro de 2007

TSE presta contas sobre construção de nova sede

O Tribunal Superior Eleitoral disponibiliza, a partir desta segunda-feira (22/10), em um novo site, os detalhes dos contratos, pagamentos efetuados e documentos sobre a construção da nova sede do tribunal. A página também tem uma maquete eletrônica do projeto, cujo valor é estimado em R$ 336,7 milhões.

O site apresenta, ainda, a íntegra dos contratos do projeto arquitetônico, da execução da obra e da assistência técnica e fiscalização da obra. A Coordenadoria de Engenharia e Arquitetura organizou um gráfico no qual demonstra a relação dos pagamentos já efetuados pelo TSE.

Entre os documentos, o internauta poderá visualizar a ata da audiência pública, o acórdão do Tribunal de Contas da União, o alvará de construção 061/2007 e instruções, o edital da concorrência 05/2007, assim como o edital de pré-qualificação 34/2006.

Obra polêmica
A obra do TSE tem gerado polêmica por causa de seu alto valor. Semana passada, o Ministério Público Federal do Distrito Federal ajuizou Ação Civil Pública questionando a construção da nova sede. Segundo os procuradores, o problema está no processo de licitação.

O Ministério Público aponta que, de acordo com dados do Tribunal de Contas da União, a obra tem problemas como ofensa ao princípio da economicidade, restrição ao caráter competitivo da licitação e superfaturamento. Os procuradores recomendam que, além da suspensão dos trabalhos, a Justiça determine a anulação dos ajustes e, se for o caso, novo processo de licitação.

O TSE informa que a licitação atendeu a todos os requisitos legais e que respondeu a todas as indagações do TCU. As informações do TSE ainda não foram analisadas pelo TCU que acompanhou a contratação da obra desde a elaboração do edital.

Fonte: Consultor Jurídico
Link original da notícia, clique aqui.




terça-feira, 23 de outubro de 2007

Vivo encolhe e rivais avançam em setembro

A Vivo voltou a perder participação de mercado em setembro, enquanto suas rivais cresceram no período.

Segundo dados consolidados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), a Vivo encerrou setembro com participação de 27,78 por cento, ante 28,05 por cento em agosto e 29,96 por cento registrado há um ano.

"Realmente não é muito significativo (o percentual de queda), mas o negativo é que ela (Vivo) está revertendo a tendência do início do ano (de aumento de market share), algo que a gente vê como ruim", disse o analista Guilherme Assis, do Morgan Stanley. Ele fez referência ao primeiro semestre, quando a Vivo, após lançar serviços GSM, conseguiu estancar a perda de sua participação de mercado.

"Apesar da agressividade da Vivo, ela não tem conseguido aumentar a base de assinantes (...) A gente vê isso com um pouco de preocupação", acrescentou Assis.

Enquanto isso, a TIM, segunda maior operadora em número de usuários, ampliou sua participação de 25,71 por cento em agosto para 25,87 por cento em setembro. Há um ano, a empresa tinha 25,14 por cento do mercado brasileiro.

Já a Claro passou de 24,76 por cento em agosto para 24,82 por cento no mês passado, ante 23,13 por cento em setembro de 2006, informou a Anatel.

"A TIM foi o principal destaque no mês, com maior contribuição nas adições líquidas (de usuários), o que consideramos positivo para a empresa", afirmam em relatório os analistas Felipe Cunha e Beatriz Battelli, da Brascan Corretora.

Após um agosto recorde no ano em termos de adição de novas linhas à base de telefonia celular do país, setembro apresentou um ritmo de expansão menos intenso, registrando 1,8 milhão de novas linhas em operação. Com isso, a base celular brasileira passou de 110,92 milhões de linhas em uso em agosto para 112,75 milhões em setembro.

A quarta operadora do país, Oi, fechou setembro com fatia de 13,21 por cento em setembro, ante 13,12 por cento em agosto, informou a Anatel.

Fonte: Info Online
Link original da notícia, clique aqui.




segunda-feira, 22 de outubro de 2007

O Diamante de Sangue (The Blood Diamond)

Sinopse: Serra Leoa, final da década de 90. O país está em plena guerra civil, com conflitos constantes entre o governo e a Força Unida Revolucionária (FUR). Quando uma tropa da FUR invade uma aldeia da etnia Mende, o pescador Solomon Vandy (Djimon Hounson) é separado de sua família, que consegue fugir. Solomon é levado a um campo de mineração de diamantes, onde é obrigado a trabalhar. Lá ele encontra um diamante cor-de-rosa, que tem cerca de 100 quilates. Solomon consegue escondê-lo em um pedaço de pano e o enterra, mas é descoberto por um integrante da FUR. Neste exato momento ocorre um ataque do governo, que faz com que Solomon e vários dos presentes sejam presos. Ao chegar na cadeia lá está Danny Archer (Leonardo DiCaprio), um ex-mercenário nascido no Zimbábue que se dedica a contrabandear diamantes para a Libéria, de onde são vendidos a grandes corporações. Danny ouve um integrante da FUR acusar Solomon de ter escondido o diamante e se interessa pela história. Ao deixar a prisão Danny faz com que Solomon também saia, propondo-lhe um trato: que ele mostre onde o diamante está escondido, em troca de ajuda para que possa encontrar sua família. Solomon não acredita em Danny mas, sem saída, aceita o acordo.

Nota:




sexta-feira, 19 de outubro de 2007

CD e DVD Live Earth

Chega às lojas 20 de novembro o CD e o DVD com algumas das apresentações do megaevento Live Earth.

Realizado em 07.07 contou com a participação de centenas de artistas. Foram 24 horas de shows, em 9 cidades nos 7 continentes e assistido por 2 bilhões de pessoas. Começou em Sydney - Austrália e terminou em Washington - EUA. Pelos palcos passaram Madonna, Linkin Park, Phill Collins, Black Eyed Peas, Pussycat Dolls, Red Hot Chili Peppers, Shakira, entre outros.

Iniciativa do ex-vice-presidente dos Estados Unidos, Al Gore, tinha como objetivo a conscientização da população mundial sobre os perigos do aquecimento global. Vale lembrar que Al Gore e o painel da ONU acabaram de ganhar o Prêmio Nobel da Paz.

O CD trás 14 faixas, são elas:
01. Madonna - Hey You
02. Foo Fighters - Times Like These
03. The Police - Driven to Tears
04. John Mayer - Gravity
05. Roger Waters - Another Brick in the Wall Part II
06. Linkin Park - Bleed It Out
07. Keane - Bedshaped
08. Bon Jovi - Wanted Dead or Alive
09. James Blunt - Wisemen
10. Chris Cornell - Black Hole Sun
11. Lenny Kravitz - Are You Gonna Go My Way
12. Kt Tunstall - Suddenly I See
13. Corinne Bailey Rae & John Legend - Mercy Mercy Me (The Ecology)
14. Damien Rice & David Gray - Que Sera, Sera

Já o DVD é duplo com 36 apresentações diferentes, são elas:
01. SOS Allstars - Live Earth: London Opening
02. Genesis - Invisible Touch
03. Snow Patrol - Shut Your Eyes
04. Damien Rice & David Gray - Que Sera, Sera
05. Kt Tunstall - Suddenly I See
06. Taking Back Sunday - My Blue Heaven
07. Paolo Nutini - What a Wonderful World
08. Black Eyed Peas - Where Is the Love
09. Duran Duran - Planet Earth
10. Afi - Miss Murder
11. John Mayer - Gravity
12. Corinne Bailey Rae & John Legend - Mercy Mercy Me (The Ecology)
13. Keane - Bedshaped
14. Metallica - Sad But True
15. Melissa Etheridge - I Need To Wake Up
16. Dave Matthews Band - Too Much
17. Kelly Clarkson - Sober
18. Angelique Kidjo - Tumba
19. Joss Stone - Right to Be Wrong
20. James Blunt - Wisemen
21. Beastie Boys - Intergalactic
22. Keith Urban & Alicia Keys - Gimme Shelter
23. Enrique Iglesias - Bailamos
24. Missy Higgins - Steer
25. Wolfmother - Woman
26. Chris Cornell - Black Hole Sun
27. Bon Jovi - Wanted Dead Or Alive
28. Lenny Kravitz - Are You Gonna Go My Way
29. Smashing Pumpkins - United States
30. Roger Waters - Another Brick in the Wall Part II
31. The Police - Driven To Tears
33. Rihanna - Umbrella
34. Linkin Park - Bleed It Out
35. Foo Fighters - Times Like These
36. Madonna - La Isla Bonita

Na época do evento eu fiz uma cobertura muito legal, no "antigo" blog com textos e fotos.
Porém só restaram as fotos que são muito boas e falam por si só.

Para ver clique aqui, aguarde pois dependendo da sua conexão pode demorar para abrir as 88 figuras.

Tag: Live Earth no: e




O GPS já foi um segredo militar?

Sem dúvida que de vez em quando ainda se espanta com aquele pequeno aparelho que, dentro do carro ou no seu bolso, o leva exatamente ao destino que procura. Mas sabia que tem consigo um pouco da história da Guerra Fria?

História
GPS é uma sigla inglesa que significa Sistema de Posicionamento Global. No início da década de 70, as dificuldades sentidas pelos soldados norte-americanos no Vietnam revelaram a necessidade de aperfeiçoar os sistemas de localização existentes. Na época, recorria-se à rede terrestre LORAN, herdada da II Guerra Mundial, e ao primitivo sistema Transit, que, concebido em 1959, era formado por apenas seis satélites, o que limitava bastante o seu uso.

Em 1978, foi então colocado em órbita o primeiro de uma constelação de 31 novos satélites chamada NAVSTAR - é esta rede que ainda hoje utilizamos. O sistema é rigorosamente controlado pelo Departamento de Defesa Norte-americano, mas Ronald Reagan autorizou o seu uso por parte da aviação civil em 1983 depois do abate acidental de um avião comercial sul-coreano sobre a União Soviética. Disponibilizado à comunidade internacional em 1995, o sinal civil, denominado GPS, é propositadamente degradado de modo a atribuir uma localização menos exata do que o militar.

Apesar de nascido no seio bélico, o GPS expandiu-se enormemente e é hoje fundamental em inúmeros sectores de atividade, com destaque para a engenharia, geografia, transportes e desporto. Paralelamente, a sua utilização lúdica tem vindo a ganhar forte terreno, não sendo difícil de imaginar um aumento exponencial de popularidade dentro dos próximos anos.

Curiosidades

  • Até à data, o sistema teve um custo total de 14 mil milhões de dólares.
  • Cada satélite circunda a Terra duas vezes por dia a uma altitude de 20 000 km e a uma velocidade de 14 000 km/h.
  • Para manter a sua precisão, todos os satélites levam a bordo um relógio atômico.
  • A distância é calculada por triangulação, determinando o tempo que um sinal de rádio emitido por pelo menos dois satélites demora a chegar ao nosso receptor GPS. O resto é simples geometria.

Fonte: Maxideia




quinta-feira, 18 de outubro de 2007

Aniversário, um mês de blog (aqui no blogspot)

Dia 26 de abril de 2007 às 18:11 eu registrei esse blog, porém não comecei a postar aqui porque já postava no blog no UOL.

Infelizmente ou quem sabe felizmente, o provedor UOL decidiu propositalmente e sorrateiramente deletar o meu blog sem que eu solicita-se ou autoriza-se. Digo infelizmente porque o meu blog no UOL faria no próximo dia 5, três anos. Com muitos post, histórias, fotos... conteúdo que eu juntei e alguns que eu mesmo produzi. Por outro lado, agora, aqui no blogspot tenho muito mais visibilidade.

Por esse motivo, dia 18 de Setembro de 2007 mudei para cá. Vou considerar essa data porque foi quando comecei a post aqui. Sendo assim, hoje, o blog completa 1 mês.

Contando com esse post, nesse primeiro mês, já foram publicados 82 post, média de 2 post por dia. Desses 37 são sobre consumidor ou direitos do consumidor, área que eu particularmente gosto muito.

Dos 82 post, 8 são sobre o UOL relatando os problemas que tive, como o cancelamento. Vou relatar ainda problemas anteriores ao cancelamento, e pode ter certeza que problemas futuros.

Fiz questão de organizar e publicar guias para ajudar os clientes/consumidores a resolver problemas com o UOL, a LG e a Teleperformance. Também fui o primeiro a fazer um guia, simples, porém útil sobre as Ouvidorias dos Bancos. O meu guia saiu antes até que o guia da Febraban.

Ah, já estava me esquecendo os post sobre Telefônica/speedy e a decisão judicial, que fiz questão de ser o mais verdadeiro e autêntico. Em quanto todos propagavam as notícias que a Telefônica queria, eu busquei apenas a verdade!

Post sobre filmes já somam 14 e aumentarão muito, porque gosto e assisto muitos filmes. Com sou novo aqui no blogspot, tenho aprendido varias coisa e essas também estão compartilhadas aqui. Pretendo expandir e muito os temas dos post, entrando nas áreas de tecnologia, música... entre outras.

Estou muito feliz com o blog. Para se ter uma idéia, no UOL o blog tinha uma média de 40 visitas únicas por dia, aqui no blogspot a média é de 75 visitas únicas por dia. Do dia 18/09 até agora (fechamento do post) foram 2092 visitas únicas e 3428 page views.

Gostaria de agradecer os visitantes!!!

E também deixar um recado para os que vêm me "ameaçando" através de comentários no blog e scraps no orkut:

"Sempre... sempre... e sempre, eu vou falar o que eu penso e o que eu acho. Mesmo que isso contrarie o UOL, a Telefônica, a Teleperformance ou qualquer outra empresa ou pessoa. Por tanto trabalhem, façam o certo e o melhor... para que eu não tenha motivos para reclamar. A minha opinião NÃO tem preço."

 

Gregori Pavan




quarta-feira, 17 de outubro de 2007

Frase do dia

Nas grandes batalhas da vida, o primeiro passo para a vitória é o desejo de vencer.
Mahatma Gandhi, advogado, filósofo, pacifista, IND, 1869-1948




Tem coisas que só a Telefônica faz pra você

Para ter o speedy eu preciso ter uma linha de telefone fixa, e para cumprir essa obrigação eu tenho a linha residencial "controle 270" da Telefônica. Em tese eu tenho 270 minutos de ligações fixo-fixo.

Porém na conta desse mês (09/2007) há o registro de 283 minutos. No dia 03/10 entrei em contato com a Telefônica para solicitar o detalhamento das chamadas locais, foi aberto o protocolo 167066254 e solicitado que eu aguardasse 7 dias que eu receberia em casa.

No dia 09/10 chegou um "Extrato de serviços de telecomunicações", documento que seria o detalhamento de chamadas locais que eu solicitei, mas que não detalhava nada. Era uma 2º via, sem código de barras.

Então entrei mais uma vez em contato com a Telefônica e explique com toda a paciência do mundo que eu queria a descrição das chamadas locais, da mesma maneira como aparecem as chamadas interurbanas ou o extrato do celular. E foi aberto outro protocolo 168383208 e prazo de mais 7 dias. Nessa mesma ligação eu perguntei a atendente como eu poderia ter um linha de 270 minutos e na conta a descrição de 283 minutos. Sendo que nesse momento eu tinha a conta normal (1ª via) e o "suposto" extrato detalhado, ou seja, dois documentos que apontavam para 283 minutos. A atendente disse que era uma falha de impressão, eu imediatamente deixei claro que não poderia ser, mas nem fiquei argumentando muito porque ela não ia (ou não queria) entender mesmo.

Ontem 16/10 finalmente (e corretamente) chegou o detalhamento das chamadas (168383208) e que também cita o valor de 283 minutos, o que por si só, e pela segunda vez desmente a atendente que disse que era erro de impressão. Mas por curiosidade, e pra ter certeza do que eu tinha falado fiz questão de somar minuto por minuto da conta de telefone, e cheguei ao valor de 283. Ou seja, eu tinha razão, é um erro, e esse erro não é de impressão, é sistêmico e absurdo.

Eis que vem a minha cabeça idéias sobre o ocorrido. Esse mês foram 13 minutos a mais que vieram descritos, porém não foram cobrados. E quem me garante que o mês passado eu não usei apenas digamos... 250 minutos e fui cobrado por 270. Estava dentro do meu limite eu nunca ia desconfiar. E outra, quem me garante que o erro foi em 13 minutos, pode ter sido maior, 13 minutos é o que aparece em excedente ao meu plano.

O fato é que prova que algo errado aconteceu ou está acontecendo. Ontem 16/10 em conversa com uma supervisora, a mesma visualizou no sistema dela os 283 minutos... confirmou, mas argumentou que eu não tinha sido cobrado, e não achou a situação estranha. Sinceramente quem erra em 13 minutos pode errar em 130 ou 230... não pode?

Vou encaminhar copia desse post para a ouvidoria da Telefônica e para a ABNT é que certifica e aprova os sistemas de cobrança das ligações. Recebendo resposta eu atualizo o post.

Clique aqui e leia o post sobre o direito de pedir o detalhamento das chamadas locais gratuitamente.




Cisco Systems é suspeita de fraude

Polícia Federal, Receita Federal e Ministério Público Federal deflagraram ontem (16/10) a operação Persona, em São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia e também nos Estados Unidos. Foram cumpridos pedidos de prisão temporária, e entre os presos estão Pedro Ripper (presidente da Cisco no Brasil), Carlos Carnevali (fundador da Cisco no Brasil e ex-presidente na América Latina) e funcionários da Mude, distribuidora de produtos da Cisco.

As investigações, que começaram a dois anos, apontam fraudes em importações, ocultação de patrimônio, falsidade ideológica, corrupção ativa e passiva, sonegação fiscal e evasão de divisas. O esquema montado subfaturava software e hardware, usava laranjas e empresas em paraísos fiscais beneficiando a americana Cisco, sua subsidiaria e suas distribuidoras no Brasil, em cinco anos foram movimentados aproximadamente US$ 500 milhões em valores declarados de produtos para a multinacional americana e um volume mensal de 50 toneladas de mercadorias, o que pode gerar lançamentos tributários no montante de R$ 1,5 bilhão.

A Cisco Systems, companhia americana com sede no Vale do Silício, fundada em 1984 por estudantes da Universidade Stanford é líder mundial no segmento de serviços e equipamentos de alta tecnologia para redes corporativas, para internet e para telecomunicações, com um faturamento estimado esse ano de 35 bilhões de dólares e um valor de mercado de 197 bilhões de dólares. Segundo a revista americana Business Week é a 18ª marca mais valiosa do mundo. Também é dona da marca Linksys.

A operação envolveu cerca de 650 agentes, que ao todo cumpriram 93 mandados judiciais de busca e apreensão e 40 ordens de prisão temporária, expedidos pela Justiça Federal de São Paulo. Foram apreendidos US$ 10 milhões em mercadorias, 18 veículos, R$ 250 mil e US$ 290 mil em espécie.




terça-feira, 16 de outubro de 2007

Brigada 49 (Ladder 49)

Sinopse: Jack Morrison (Joaquin Phoenix) é um bombeiro inexperiente, que ingressou na corporação há pouco tempo. Logo ele faz amizade com os companheiros de tropa, seguindo à risca as ordens de seu chefe e mentor, o capitão Mike Kennedy (John Travolta). Ao mesmo tempo em que se arrisca ao realizar seu trabalho, Jack precisa lidar com as constantes reclamações de sua esposa, Linda (Jacinda Barrett), que lhe pede mais atenção. Quando Jack fica preso no pior incêndio que já enfrentou, ele começa a avaliar sua vida e as coisas que mais preza, sua família e sua carreira.

Nota: